Notícias 

OUÇA “Drowned in the Sun”, ‘música inédita’ do Nirvana

Não você não está louco, nem vivendo em outra dimensão, você leu e vai ouvir isso mesmo, a canção inédita do Nirvana “Drowned In The Sun”

Na realidade, o que temos é uma composição de IA, criada como parte de uma iniciativa de conscientização sobre questões de saúde mental no ramo da música, assunto esse cada vez mais em pertinente e com enorme necessidade de ser cuidado de forma especial, séria e consciente.

“Drowned In The Sun”  foi criado como parte de um projeto intitulado Lost Tapes of the 27 Club, criado pela organização sem fins lucrativos Over The Bridge, tudo feito com a intenção de chamar a atenção das pessoas, e mais ainda dos fãs jovens do Nirvana e do rock em geral, para a tragédia da morte de Kurt Cobain por suicídio aos 27 anos, e com esse fato conscientizar sobre como os problemas de saúde mental que continuam a afetar nossos músicos, e mais ainda no cenário atual que vem crescentemente abalando a cena rock e musical no mundo.

O projeto não começou agora, ele já teve outras canções ‘novas’ (ou seja, geradas por IA) de outros músicos com a mesma triste história de Kurt Cobain , entre eles Jimi Hendrix, Amy Winehouse e da banda The Doors.

Vidas interrompidas tão cedo, que talvez pudessem ter sido poupadas, e é iniciativas assim como da Over The Bridge que podem ajudar para que fatos assim possam se tornar menos ocorridos.

Em entrevista a Rolling Stones, Sean O”Connor, um dos diretores de Over the Bridge falou:

“E se todos esses músicos que amamos tivessem apoio de saúde mental?”

A ‘nova’ música do Nirvana foi criada alimentando arquivos MIDI no programa de IA magenta do Google, que aprende a compor no estilo de determinados artistas analisando seus trabalhos passados. Os vocais da canção são fornecidos pelo músico de Atlanta Eric Hogan, vocalista do tributo ao Nirvana Nevermind: The Ultimate Tribute To Nirvana.

Ouça por si mesmo o quão perto Hogan e AI chegaram de fazer uma autêntica vibe Nirvana.

 

 

 

 

Gostou? Curta, compartilhe…

O Rock não tem regras, tem atitude…

Por Lis Hirt

hipnozerock@ehbwebrock.com.br

@hipnozerock